Bem vindo Solstício de Inverno! Bem vinda RENOVAÇÃO!

7334446963590e99bcedcc155c5e32dd

 

Solstício de inverno; é um fenômeno astronômico que marca o início do inverno, o termo “solstício” tem a sua origem do latim que significa “ponto da trajetória do Sol onde aparenta não se deslocar”, “parado”.

Este é um momento da natureza de deixar ir. As árvores se despendem das folhas que não servem mais, suportando a ideia de ficar despida de suas folhas. Para que quando essas folhas caírem no chão adube todo o solo, para que este solo seja fértil e sendo preparado para a chegada da primavera. Com uma nova energia. C m uma energia redobrada!

E como podemos aproveitar a energia deste momento de renovação energética da natureza? Olhe para aquela situação da sua vida e para tudo aquilo que é preciso abrir mão… Aquele; hábito, comportamento, pensamento. Aquele tempo que nós passamos lutando contra ao que está acontecendo e brigando com o ritmo que as coisas tomam. Este é um momento de pegar essa energia e usar essa energia como o nosso adubo. Como uma forma de otimizar nossos resultados na vida, pois somos parte de um todo que pertence ao Universo e como um todo também precisamos nos renovar a cada cair de noite, a cada novo amanhecer. Dia após dia. Afinal cada novo dia é um presente e o AGORA é tudo que você tem.

É chegada a hora de abrir a mala e limpar sua bagagem, tirar o que já não te cabe mais! Sem excessos, apenas o necessário…

Permita-se a deixar acontecer um Solstício no seu inverno. Renove-se. Flores-se. Desperte sua melhor versão, agora…

Dica: Faça uma meditação. Visite um campo bem bonito, belas árvores, belas flores, com bastante verde. Entre em contato com o seu “EU” interior e renove-se.

 

Coach Barbara Machado – Imersão de Desenvolvimento Humano com Educação Emocional

Anúncios

Dê a volta por cima das rotinas da mente

4b82c79625a2bcfbcf927a1a641335f3

Sentindo-se triste? Dance ou vá tomar uma ducha e veja a tristeza desaparecer de seu corpo. Sinta como a água que bate em você leva junto a tristeza, da mesma forma que leva embora o suor e a poeira de seu corpo.
Coloque sua mente em uma situação tal que ela não seja capaz de funcionar de maneira habitual. Qualquer coisa serve. Afinal, todas as técnicas que foram desenvolvidas ao longo dos séculos não passam de tentativas para distrair a mente e demovê-la dos velhos padrões.
Por exemplo, se você estiver se sentindo irritado, inspire e expire profundamente durante apenas dois minutos e veja o que acontece com a sua raiva.

Ao respirar profundamente, você terá confundido sua mente, pois ela não é capaz de correlacionar as duas coisas. “Desde quando”, a mente começa a se perguntar, “alguém respira profundamente quando está com raiva? O que está acontecendo?”

A dica é nunca se repetir. Caso contrário, se toda vez que se sentir triste você for para o chuveiro, a mente transformará isso num hábito. Após a terceira ou quarta vez, ela aprenderá: “Isso é algo permitido. Você está triste, então é por isso que está tomando uma ducha.” Nesse caso, a ducha irá apenas transformar-se em parte de sua tristeza. Seja inovador, seja criativo. Continue confundindo a mente.
eu companheiro diz algo e você se sente irritado. Em vez de bater nele ou jogar alguma coisa em sua direção, mude o padrão do pensamento: dê-lhe um abraço e um beijo. Confunda-o também! De repente, você perceberá que a mente é um mecanismo e que ela se sente perdida com o que é novo.

Abra a janela e deixe novos ventos entrarem.

 

O despertar da consciência não é uma questão de teoria e prática.

Nunca é tarde demais para mudar o rumo da sua vida...

Teoria é uma interpretação mental.
Prática é o comportamento fruto da interpretação mental.
Seguir este mecanismo é se tornar um intérprete de uma interpretação. Este é o caminho conhecido pelo ego.

No despertar genuíno, não há separação entre teoria e prática. Se houver, caímos na ilusão de focar no comportamento. O que significa “aprendo isso aqui, coloco em prática ali.” Sinta o quanto isso nos divide ainda mais! Pois que acordar não é realizar uma mudança de comportamento. O comportamento muda naturalmente quando nos tornamos mais conscientes do real. Não somos robôs que precisam de programas para saber como agir. Somos seres de pura consciência! Do que mais precisamos?

Decorebas não nos ajudam a nos encontrarmos. Assim como um ator precisa decorar as suas falas para atuar, estudar teorias e colocá-las em prática, nos torna apenas atores dentro da própria atuação do ego. Ou seja, mais a ideia da máscara é sustentada. Mais distantes de nós mesmos, ficamos.

O despertar da consciência é uma retirada de véus. O tanto falado “SER” é ver sem os filtros das interpretações. Não é algo construtivo. Mas intensivamente desconstrutivo! E é um processo gradual. Vislumbres do Ser não se ancoram, não bastam para sairmos dos repetitivos padrões de pensamento. É preciso mergulhar em si. A verdade é simples. A mente é que é complexa.
Então, como traduzir a “teoria e prática” no real sentido do despertar? Em si, eles não existem. O que existem são insights de percepção. Ainda assim, muito sujeitos a interpretação, visto as limitações da linguagem. E a prática é apenas a manifestação da interpretação. Ou seja, é um mesmo fluxo. E é natural! Isto é, “quanto mais claramente vejo, melhor ajo”. Mas este “melhor” não é mais um condicionamento, muito menos uma autocobrança. Ele é resultante da autocompreensão, apenas.

É por isso que o julgamento é limitado. Pois cada um de nós age de acordo com o seu nível de consciência. Isto é, de acordo com o que entende ser melhor para si. Ou ainda, de acordo com a sua percepção da realidade.

Portanto, é essencial que retornemos à simplicidade do olhar. Podemos descartar os modos de agir necessitados de teoria e doutrinação. Não precisamos mais disso! Vamos em direção ao “menos”, ao fluxo da clareza gradativa, ao agir pela sensibilidade natural, a sabedoria espontânea de SER…

 

Barbara Machado – Imersão de Desenvolvimento Humano e Carreira

(Expert Coaching / Master Practitioner em PNL / Hipnoterapeuta)

Ser… depois TER!

“a vida acontece de você e não pra você” (2)

Nós seres humanos temos uma ideia muito equivocada de primeiro querer ter, para depois ser. Quando na verdade a ordem é completamente ao contrario. Primeiros SER aquilo que queira e depois TER!

O pensar que primeiro temos que;

Ter um valor x na conta e assim ser tranquilo na vida. Ter uma casa na praia e assim ser feliz. Ter um filho e assim ser pai/mãe. Ter a paz e assim ser a paz. Ter o amor e assim ser amor. Ter amigos e assim ser amigo (a). Ter sucesso e assim ser o sucesso. Ter um corpo e assim ser corpo magro. Ter honestidade e assim ser honesto. Ter paciência e assim ser paciente. Ter a pessoa incrível ao lado e assim ser uma pessoa incrível. Ter o chefe do ano e assim ser o funcionário do ano.  Ter… apenas ter, e depois SER!

E se você observar, claramente, irá ver que na verdade precisamos primeiro SER para depois TER o que queremos. Pois quando você quer muito ter, mais coisas terá que conquistar e mais coisas terá que fazer para suprir as expectativas… Para enfim SER! Sendo que este momento pode até não chegar. Quando estamos muito em busca do TER, esquecemos de nos conectar com o que está acontecendo agora e muitas das vezes perdendo oportunidades em adquirir de uma forma sutil o que tanto espera ser.

Abrir o caminho para SER é um momento onde você se dedica mais a você para ser aquilo que você quer ter.

Ser paciente e depois ter paciência (como vai querer ter paciência, se você não é paciente com a espera?). Ser amor e depois ter amor (como quer receber amor, se você não doa amor?). Ser tranquilo e depois ter tranquilidade (como que se sentir tranquilo, se você não é tranquilo com o acontece, com o que é?). Ser o sucesso e depois ter sucesso (como quer ter sucesso, se você não é o sucesso? afinal, o que é ter sucesso pra você?). Ser honesto e depois ter honestidade (como quer ter honestidade na vida, se você não é honesto com você, com suas emoções, com o outro cidadão?). Ser um corpo magro e depois ter um corpo magro (como quer ter um corpo magro, se você não tem uma mente magra com a comida?).

Ser é você sentir aquilo que você quer ter. Transformando primeiro o interior e depois o exterior. Em todos os aspectos da sua vida.

Fazer o caminho inverso é você ter achando que um dia quando chegar não sei a onde, ou adquirir sei lá o que, ira ser!

Quando você se transforma em ser primeiro as pessoas irão ver, perceber e reconhecer que você está 100% presente ao que está acontecendo. Não está fazendo de conta, não está forçando a barra (muitas vezes, essa barra, com você mesmo), em um mundo de ilusão.

Quando você está sendo, está acontecendo aqui e agora.

 

Barbara Machado – imersão de Desenvolvimento Humano e Carreira

(Expert Coaching / Master Practitioner em PNL / Hipnoterapeuta)

Saindo da zona de(s) conforto… 

” A vida é para quem quem se dá a ela.” 

Passamos muito tempo da nossa vida nos protegendo de muitas situações e com isso deixando de viver muita coisa; uma mudança de emprego, mudança para uma cidade vizinha ou até mesmo mais longe, uma troca de profissão, troca de hábitos novos, mudança de recomeçar do zero… E por ai vai inúmeras oportunidades de mudanças que deixamos, ou simplesmente fingimos nem estar vendo, a necessidade dessa mudança. 

O medo da mudança é inevitável diante a tantas incertezas e ao desconhecido do que pode vir acontecer. Mas nunca teremos a certeza de nada, pois tudo pode mudar em uma fração de segundos. 

E por medo da mudança, muitas vezes, continuamos intacto na zona de conforto. Ou até mesmo talvez diria zona de(s)-conforto. 

O simples fato de confiar na vida e deixar as oportunidades te levar, seja uma boa oportunidade. As vezes, o que falta na gente é CONFIAR um pouco mais em nós mesmo. 

Confiar na oportunidade. Confiar em você. Confiar na mudança… E seguir como se fosse um Rio, pois o Rio ele flui! 

Quando foi a última vez em que relaxou e deixou a vida fluir? Que simplismente confiou na vida? 

Sabedoria está em deixar a vida fluir como um Rio. Quando se observa um Rio,  ele esta sempre indo com toda sua pureza e beleza de encontro com o Mar. Perceba que o Rio esta sempre indo no encontro do pequeno para o grande. Do limitado para o ilimitado. Seguindo sempre seu fluxo para o caminho do  desconhecido! 

Ele não sabe que terá o Mar lá na frente, simplesmente segue a natureza dele… 

Nas oportunidades de mudanças que a vida nos oferece talvez seja a vida pedindo para ir em frente, com um pouco mais de coragem, para nos desapegar e evoluir em mais uma etapa. Nadar contra a corrente é não estar no momento presente, sem estar conectado com o que realmente está acontecendo. 

E muitas vezes, cada vez mais percebo, que nosso sofrimento vem da nossa resistência ao novo, ao medo do novo. Não deixamos que as coisas sejam como elas são, por que a vida ela é o que é. 
Se você pode mudar, MUDE. Haja em conformidade. 

Se você não pode mudar, então resta duas opções: 

  1. Aceitar e deixar a negatividade para lá. 
  2. Se tornar obcecado(a) com o sofrimento. 

Não fique preso(a) a padrões, crenças e condicionamentos. A vida não é o que a gente quer que ela seja. 

Desperte e liberte-se… 

Barbara Machado – imersão de Desenvolvimento Humano e Carreira

(Expert Coaching / Master Practitioner em PNL / Hipnoterapeuta) 

Vamos falar de estar presente? 

A maioria das pessoas não entende que viver a vida no “automático” irá potencializar situações que querem evitar que se repitam na sua vida. 

Entenda: o mundo não muda apenas porque você quer e sim porque a sua transformação faz o mundo mudar. 

Como você vem usando seus anos de experiencia de vida? Você está no passado, no presente ou no futuro? 

Quando foi a última vez que esteve no aqui e no agora com a realidade? Quando foi a última vez que deixou a sua vida fluir de uma forma saudável e natural? 

As suas experiências de vida e sua jornada podem te transformar em MESTRE. E isso vem principalmente do princípio de usar esses anos de forma presente no agora. Eu não estou no futuro, eu não estou atrás, eu não estou no passado. Um dos maiores desafios que o ser humano vive hoje é esse sentimento de nostalgia para o passado, voltar pensamento e não necessariamente estar presente no momento local. Ao invés de se perguntar: “O que eu posso fazer pra ser melhor amanhã?” 

Presença no momento é gerada quando você toma consciência do seus pensamentos, dos seus sentimentos. E entender que você é quem decide como você quer ser, como você quer estar! 

E com isso quero compartilhar algumas dicas para o despertar para a vida e para os negócios que venho aprendendo e lapidando no dia-a-dia…

  • Saiba detectar: Não espere o desespero para olhar todas as possibilidades (Precisamos estar mais antenados ao mundo e ao que acontece. Tem muita “coisa” por ser descoberta e aplicada nos nossos negócios e muitas vezes só precisamos dar um pouquinho mais de atenção); 
  • Colabore sempre com novas possibilidades e acompanhe o desenvolvimento:Tem muita gente boa no Brasil criando coisas incríveis, se abra a estas novas possibilidades;
  • Desenvolva a Inteligência Emocional: Se conhecer e se desenvolver é a melhor maneira de alavancar sua vida pessoal e o seu negócio, muitas ações intempestivas acontecem simplesmente por falta de autoconhecimento, ou uma autoestima pessoal e empresarial baixa;
  • Siga a sua intuição: Nós sempre sabemos o que é melhor para nós. O problema é que geralmente escutamos os outros e não escutamos a nós mesmos, siga o sua realidade e seu coração;
  • Encontre parceiros motivados: Acredite nas pessoas e no que elas fazem, tem muita gente competente por aí que gostaria de te ajudar ou colaborar com você;
  • Não desista no primeiro obstáculo: A vida de modo em geral é cheia de altos e baixos, e às vezes fica muito difícil, muito mesmo. Mas se você persistir der um passo adiante acreditando que é capaz, pode apostar que a vitória é certa;
  • Olhe no olho dos seus especiais e dos seus clientes,  veja o que eles querem dizer: Os olhos são o retrato da alma, não é verdade? Pois bem, escute o seus especiais e seus clientes, olhe nos olhos, entenda o que você pode fazer realmente para eles. Você terá respostas incríveis;
  • Lute pelo o que você acredita: Se você acredita, você pode! Então se joga e tudo vai acontecer no tempo certo;
  • Escute quem está com a mesma sinergia que você: Não dê ouvidos em quem fica te jogando para baixo o tempo todo, escute quem te quer bem, escute quem quer o seu sucesso, quem acredita que você pode;
  • Enfrente os obstáculos com garra e otimismo: A vida não é fácil para ninguém, todo mundo tem as suas dores, as suas lutas e o que determina o vencedor e o perdedor é como você encara os obstáculos. Se cair, levante! Continue a jornada acreditando que você vai ser bem sucedido;

Faça hoje um mundo melhor, a partir da sua mudança! Comemore a vida e não perca as oportunidades. 


Coach Barbara Machado – Imersão em Desenvolvimento Humano e Carreiras 

(Practitioner em PNL / Expert Coaching / Hipnoterapeuta) 

Já é JANEIRO de 2017!

img-20170101-wa0002

Já é Janeiro de 2017 e ainda dá tempo de olhar para trás, olhar para o futuro e olhar para o momento atual.

Nesta reflexão que estou compartilhando com vocês é para que possam ter um ano realmente novo. Um ano muito melhor que o ano de 2016. Para que o seu ano de 2017 seja o melhor até agora sem perde tempo de olhar para trás!

É muito importante que você saiba que cada dia da nossa vida é um dia de uma nova construção. Pois todos os dias é O GRANDE DIA DO RECOMEÇO. Tudo que acontece nos dias posteriores a este é um reflexo do que você está fazendo no agora.

Então convido você a estar mais presente com o AGORA!

E neste momento te pergunto:

  • Como que você vem trazendo a criatividade para a sua vida?
  • Como que esta trazendo o novo para sai vida?
  • Qual a sua capacidade de se abrir ao novo?
  • Qual o investimento que você faz diariamente em você mesmo?

Veja bem… quando eu me refiro a investimento quero dizer em qualidade de vida, qualidade de sua alimentação, qualidade de seus pensamentos, qualidade do seu sono, qualidade com suas relações (familiares, afetivas, amizades e profissionais), qualidade de percepção com o que acontece em sua volta, qualidade com a sua realidade.

QUAL O INVESTIMENTO QUE VOCÊ FAZ PARA VOCÊ MESMO? O QUE VOCÊ FAZ PARA ANO NOVO SER REALMENTE NOVO?

Porque o seu “ano novo” não será novo se você permanecer o mesmo. Não espere que o ano de 2017 seja melhor fazendo as mesmas velhas coisas que foram feitas no ano de 2016, ou talvez que você vem fazendo a uma vida inteira. Seu ano novo muda na proporção em que VOCÊ muda.

É essa a diferença que faz a diferença.

Mude a sua forma de ver, pensar e agir. Potencialize suas habilidades. E só assim o seu ano novo será realmente NOVO.

O que te inspira na vida? O que te faz acordar todos os dias? O que te faz fazer o que você faz?

Precisamos com o máximo de criatividade e obstinação aceitar a nossa felicidade de forma inegociável em meio as peças que a vida nos prega no dia-a-dia. E então faço mais uma pergunta: Você tem coragem necessária? Tem coragem necessária para fazer o seu 2017 o melhor até agora? As suas habilidades escondidas dentro de você estão esperando que diga SIM.

Neste jogo da vida, jogue pelo certo. Desperte o que há de melhor em você neste novo ano que acaba que renascer, ainda há tempo… 3/365

 

apresentacao1